Home Contactos Textos Opiniões 
 


 

Academia
Direcção Técnica
Kyubudo
Disciplinas
Cursos
Praticar
Publicações
Multimédia
Formação


 

Menu Anterior
Karatedo
Tai Chi Chuan
Kenjutsu
Método Hida
Chi Kung

 

   

 

Sobre o Kenjutsu

 

O Kendo, ou caminho do sabre, é considerado no Japão como uma das disciplinas mais importantes das artes marciais. De fato, Ken jutsu e Iai jutsu (a arte de matar desembainhando a espada) são extremamente úteis para desenvolver a capacidade de estudar a distância, o ritmo do confronto, o controle da linha central do corpo, de ter uma melhor percepção do adversário e dos seus pontos nevrálgicos, da sua força e das suas fraquezas.       

  

O Kenjutsu (a arte do sabre) é reconhecido geralmente como arte marcial. Muitos praticantes do kenjutsu começaram a questionar se uma compreensão mais elevada poderia ser conseguida com a prática e o estudo com a espada. Assim, o kenshi (espadachim) transformou a “arte da espada” (kenjutsu) em um “caminho da espada” (kendo). Daí surgiu o kendo, como uma arte marcial separada. Geralmente (mas não sempre) em artes marciais japonesas, os objectivos do "Do" são para melhorar o interior, enquanto os do "jutsu" concentram-se em ensinar as técnicas.

 

Os Kata (sequência de movimentos formulados ou exercícios) são a maneira usual de aprender os movimentos intricados requeridos. Inicialmente pratica-se individualmente, mas pode-se praticar em dupla ou até mesmo com múltiplos indivíduos. A ferramenta-padrão da prática é o bokken (espada de madeira simulada).

 

Em termos de aprendizagem, o kenjutsu tem um currículo mais completo. No kendo, a necessidade limita a escala das técnicas e dos alvos. Os praticantes de kenjutsu não usam geralmente o shinai (protecções) no treino, preferindo usar bokken (espadas de madeira) ou katana (espadas de aço) a fim de preservar as técnicas do corte da luta real da espada. O treino de Kenjutsu consiste em praticar a técnica do corte e executar o kata com o parceiro. Por razões de segurança, a prática livre é raramente feita com katana.

 

A história do Kenjusu

 

O Kenjutsu, ou "arte da espada", teve origem no Japão durante o período Muromachi (1390-1600), e sobriveu ao passar dos tempos, com o período Tokugawa (1600-1860) e até mesmo aos dias actuais, na sua forma original e no Kendo, uma arte marcial desportiva desenvolvida a partir do Kenjutsu.

 

A espada era a principal arma dos Samurais, a classe dominante daqueles dias. O Samurai portava duas espadas, uma grande, a Katana, que era usada em ambientes abertos e uma espada menor, a Wakisashi, usada também em ambientes fechados.

 

Cada feudo possuía uma escola de Kenjutsu, onde normalmente o treino era feito usando espadas de madeira, conhecidas como Bokken ou Bokuto. Era comum ocorrerem duelos, onde eram usadas tanto espadas de aço como as de madeira. A maioria dos duelos acabava em morte ou invalidez de um ou dos dois lados.

 

Entre os mais famosos praticantes de Kenjutsu, destaca-se Miyamoto Musashi, O Kensei (santo da espada) que venceu mais de 60 duelos, sem nunca ser derrotado. Musashi criou o Niten Ichi Ryu, estilo que utiliza técnicas usando ambas as espadas simultaneamente. Musashi também ficou conhecido por suas obras de pintura, escultura e poesia.

 

Outros estilos conhecidos são o Yagyu, o estilo oficial do shogunato Tokugawa, o Itto-ryu, que influenciou a criação do Kendo e o Suiyo Ryu. O auge do Kenjutsu veio ironicamente a ocorrer em tempos de paz, durante os mais de 200 anos do shogunato Tokugawa. Com a restauração meiji em 1868, o Kenjutsu tradicional sofre um declínio, quando é simplificado e adaptado a competição. Assim nasceu o Kendo.

 

O Kenjutsu tem sua história misturada com a história do próprio Japão. Suas técnicas e filosofia, que possuem uma forte influência do pensamento Zen, transcendem o mundo das artes marciais, passando também a influenciar a política, os costumes e as artes do povo nipónico. Actualmente, o Kendo e o Kenjutsu, como as restantes artes marciais, transcenderam as fronteiras do seu país de origem. Assistimos ao florescimento destas antigas técnicas no Ocidente.

 

Luis Silva

 

Não deixe de consultar www.kenjutsu.iec.pt

 


 
Dica
Se se perder pode sempre voltar á página principal clicando Home ou á página Modalidades clicando Up, Next no fundo da página, leva-o á modalidade seguinte.

 

Nota:
A disciplina aqui indicada é elemento constituinte do Kyubudo, (Karate Budo).
 



Anterior Seguinte
Copyright © 2004-2016 [Kyubudo Ryu]. Todos os direitos reservados.